Senadora nega suposto voto a favor de Estevão

A senadora Emília Fernandes, que saiu do PDT e vai ingressar no PT no início de maio, reagiu aos boatos de que teria votado pela manutenção do mandato do ex-senador Luiz Estevão, de acordo com a lista a que os senadores José Roberto Arruda (PSDB-DF) e Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) tiveram acesso. "Eu ouvi essa história, mas nego e desafio a quem quiser, porque é mentira", afirmou a senadora. Para ela, os senadores Arruda e ACM agiram de má-fé ao violarem o painel eletrônico de votação do Senado: "Abusaram do autoritarismo e da prepotência". Na opinião de Emília Fernandes não há outra punição aos dois senadores, a não ser a cassação. Para ela, os boatos sobre seu comportamento na votação são fruto de uma base governista ?estraçalhada?, que busca comprometer senadores combativos. "Eu votei pela cassação (de Luiz Estevão) e eles estão colocando isso em dúvida, para me desmoralizar", afirmou. Para a senadora, a lista com os nomes e os votos dos senadores pode até aparecer. "Mas a partir do momento que eles manipularam a lista, ela perdeu a credibilidade".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.