Senadora do PT chama ACM de mentiroso

A senadora Heloísa Helena (PT-AL) chamou o senador Antônio Carlos Magalhães de "mentiroso e desqualificado" por ter dito a procuradores da República, conforme consta na última edição da revista Isto É, que ela votou contra a cassação do mandato do senador Luiz Estevão. "É uma canalhice fazer uma acusação dessas e dizer que não vai poder falar mais para Luis Estevão não pedir a anulação da sessão", afirmou a senadora. Ela garantiu que votou a favor da cassação. "Ou ele (ACM) está blefando, tentando me envolver na lama em que chafurda, ou está querendo outras coisas", reagiu a senadora. Ela lembrou que à época do julgamento de Estevão pelo Senado corria pelos corredores da Casa que o sistema eletrônico de votação secreta seria violado. Ela disse que levantou a questão em plenário e que Magalhães e os técnicos do Prodasen garantiram que o sistema era inviolável. A senadora disse ainda que ACM argumentava que os boatos sobre a possibilidade de verificação do voto secreto estavam sendo espalhados pelo presidente do PMDB, senador Jader Barbalho, que estaria pretendendo anular a sessão de votação sob esse argumento de quebra do sigilo do voto. "Eu até compreendo o desespero do senador Antônio Carlos, pois o que ele tem feito nos últimos dias desafia a lógica formal", afirmou a senadora. Ela disse que ACM está "atirando para todos os lados" e com raiva dela por não ter obtido os votos do PT na eleição à Presidência do Senado. "Espero que ele venha à tribuna explicar em detalhes do que ocorreu no dia da eleição", afirmou a senadora para quem as explicações têm que ser dadas ou no Senado ou na Justiça. O senador Antônio Carlos Magalhães está na Flórida, Estados Unidos, devendo retornar ao Brasil somente no dia 8, para a reunião da Executiva Nacional do PFL.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.