Senador representante Campos em 1º de Maio alerta sobre inflação

Potencial candidato ao Planalto, governador foi convidado, mas preferiu ir à cidade no sertão pernambucano

Isadora Peron - O Estado de S. Paulo,

01 de maio de 2013 | 16h20

Provável candidato à Presidência da República, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), não compareceu às comemorações do Dia do Trababalho organizado pela Força Sindical em São Paulo, mas enviou um representante para a festa: o líder do PSB no Senado, Rodrigo Rollemberg (DF).

Rollemberg justificou a ausência de Campos, que é presidente do PSB: "Trago um abraço do presidente Eduardo Campos, que neste momento está celebrando o Dia do Trabalhador no sertão de Pernanbuco, com aqueles trabalhadores que estão vivendo um momento difícil em função da seca que assola o Nordeste brasileiro", disse o senador.

Campos havia confirmado presença no evento da Força, mas mudou de planos esta semana. Desde o início do ano, o governador tem mantido uma agenda intensa fora de Pernambuco, com o intuito de ficar conhecido em outras regiões do País.

Em seu discurso no evento, Rolllemberg também abordou o tema da inflação, apesar de o PSB fazer parte da base aliada do governo da presidente Dilma Rousseff. "Precisamos conter a inflação, o controle da inflação foi uma conquista da população brasileira. Portanto nós não podemos descuidar, porque a volta da inflação retira o poder de compra dos trabalhadores".

Ele também fez críticas indiretas ao governo, ao citar "preocupação com medidas que restringem a democracia do nosso País", como o apoio do Planalto ao projeto que dificulta a criação de novos partidos. Ele afirmou ainda que o PSB não apoia a proposta aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CNJ) da Câmara que submete decisões do Supremo Tribunal Federal ao Congresso e é contra a PEC que tira o poder de investigação do  Ministério Público.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.