Senador petista vai pedir quebra do sigilo de Nildo

O senador Tião Viana (PT-AC) anunciou, nesta segunda-feira, que vai requerer à Mesa do Senado a quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa Santos, que desmentiu ao Estado a afirmação do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, de que nunca esteve na mansão onde se reuniam, em Brasília, ex-assessores dele para festas e partilha de dinheiro suspeito. "Vamos pôr a verdade nua e crua", afirmou Tião Viana, ao anunciar que apresentará o requerimento. Informações não autorizadas sobre movimentações na conta bancária que o caseiro mantém na Caixa Econômica Federal já foram publicadas pela revista Época e reproduzidas pela imprensa. O petista foi o mesmo que recorreu ao STF e obteve a liminar que impediu o prosseguimento do depoimento do caseiro à CPI dos BingosO senador disse que quer saber o que o caseiro recebeu em suas contas, incluindo cartão de crédito e poupança, de janeiro para cá. O requerimento do senador de PT, depois que for lido no plenário do Senado, será submetido à apreciação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, em seguida, deverá ser encaminhado novamente ao plenário para votação. A publicação das informações bancárias não autorizadas está sendo motivo de polêmica entre os senadores desde o início da sessão desta segunda-feira do plenário do Senado. Os oposicionistas criticam o governo, acusando-o de ser responsável pela quebra ilegal do sigilo bancário de Francenildo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.