Senador Petecão afirma que partido vai encaminhar voto a favor do afastamento de Dilma

Senador ressaltou que não tem vínculo com o PSDB, mas que o argumento de alguns senadores de que a advogada Janaína Pascoal tem ligação com os tucanos  é 'pífio'

Rachel Gamarski e Bernardo Caram, Luciana Nunes Leal e Valmar Hupsel Filho, O Estado de S. Paulo

11 de maio de 2016 | 16h25

BRASÍLIA - O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) se posicionou a favor do processo do processo de admissibilidade da presidente Dilma Rousseff. “A presidente Dilma sofre hoje um processo em razão de ter cometido um crime de responsabilidade fiscal previsto na LRF e nas leis orçamentárias”, justificou.

O senador ressaltou que não tem vínculo com o PSDB, mas que o argumento de alguns senadores de que a advogada Janaína Pascoal tem ligação com os tucanos  é “pífio”. “Além do mais, o processo que ora analisamos não foi iniciado pela oposição como é dito aqui, mas por um ex-fundador do PT, dr. Hélio Bicudo”, frisou. O senador destacou ainda que a população brasileira está preocupada com os escândalos que vêm à tona todos os dias.

O tempo de 15 minutos do senador acabou e o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL) não devolveu o som do microfone do senador. “Eu não tenho competência para mudar isso”, disse o presidente.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.