Senador nega saída da Comissão de Ética

O senador João Alberto (PMDB-MA) negou hoje sua saída da Comissão de Ética do Senado que investiga as denúncias contra o presidente licenciado da Casa, Jáder Barbalho. João Alberto confirmou que fará parte do grupo de senadores que embarcará amanhã para Manaus, para ouvir depoimentos sobre o suposto pagamento de propinas a Barbalho, em troca da liberação de recursos da Sudam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.