Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Senador Luiz Henrique: o peemedebista da velha-guarda

Aos 74 anos, além do atual mandato de senador, já foi deputado estadual e federal, ministro do governo José Sarney, prefeito de Joinville e governador de Santa Catarina por dois mandatos.

ISADORA PERON / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

01 Fevereiro 2015 | 02h06

Oriundo do chamado PMDB autêntico, o senador Luiz Henrique (SC), de 74 anos, que tenta hoje desbancar o favorito Renan Calheiros (AL) na eleição para a presidência do Senado, ainda se refere ao partido como "MDB". Tem como grande referência política Ulysses Guimarães, a quem só chama de "doutor Ulysses". Raramente termina um discurso sem citar uma frase do antigo correligionário, morto em 1992.

Seu nome foi escolhido entre os representantes da ala independente da sigla por ser um político com "estofo". Aos 74 anos, além do atual mandato de senador, já foi deputado estadual e federal, ministro do governo José Sarney, prefeito de Joinville e governador de Santa Catarina por dois mandatos. Entre 1993 e 1995, ocupou a presidência nacional do PMDB.

Longe de ser governista, não compareceu ao ato de campanha de Dilma Rousseff em Florianópolis no 2.º turno.


Mais conteúdo sobre:
PMDBSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.