Senador Expedito Júnior é cassado

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmaram a cassação do senador Expedito Júnior (PR-RO). O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rondônia já tinha determinado a cassação ao julgar um processo no qual ele foi acusado de envolvimento com compra de votos e abuso de poder econômico na eleição de 2006. Candidatos de sua coligação teriam pago R$ 100 por voto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.