Senador do PT critica corte no Orçamento

O senador Jorge Viana (PT-AC) criticou o corte de verbas para a Defesa Civil e prevenção de desastres. Segundo ele, "o ministério da Fazenda e do Planejamento, que decidem os cortes no Orçamento, precisam adotar como critério que verba para Defesa Civil não se pode contingenciar. Ainda mais quando já temos tão poucos recursos", lamentou, referindo-se aos cortes sofridos por essas áreas no contingenciamento de R$ 55 bilhões do Orçamento.

EQUIPE AE, Agência Estado

16 de fevereiro de 2012 | 22h35

Em rota de colisão com o governo, o petista disse que "é preciso minimizar os efeitos das calamidades naturais que ocorrem todos os anos, e isso não se faz com corte de recursos". Segundo Viana, não houve consideração com as emendas apresentadas pelos parlamentares para prevenção de catástrofes e identificação de áreas de risco. Todas foram contingenciadas pelo Executivo.

"A cada ano temos o mesmo problema. Milhares de famílias sofrem, e o Brasil teima em não estruturar suas condições para lidar com essa situação. Até quando o Brasil vai seguir contando os mortos?", questionou, ao lembrar que a previsão orçamentária para a Defesa Civil em todo o País, em 2012, é de apenas R$ 32 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Orçamentosenadorcrítica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.