Senador diz que Lula quer aumentar o mínimo já em janeiro

O senador Paulo Paim (PT-RS) disse hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva gostaria que se construísse um entendimento para que o novo salário mínimo vigorasse já a partir de janeiro e não em maio como foi anunciado na quarta-feira. "Estou convencido de que isso seria melhor para os trabalhadores e aposentados", teria dito Lula no jantar ontem à noite na casa do líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP).Paim disse que o presidente estaria disposto a editar uma medida provisória antecipando o reajuste. O mínimo para maio, de R$ 300, está previsto em um projeto de lei. O senador disse que não conversaram sobre valores, mas que ele acredita que a mudança se daria com a adoção já em janeiro, com um valor de R$ 290,00, seguindo da instalação de comissão para discutir uma política permanente de recuperação do salário mínimo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.