Beto Barata/Agência Senado
Beto Barata/Agência Senado

Senador diz nomear "a melancia que quiser" em órgão público

As declarações foram feitas após o senador ver frustrada a tentativa de emplacar o superintendente da entidade responsável por patrimônio da União

Erich Decat, O Estado de S. Paulo

06 de agosto de 2016 | 02h42

Brasília - Em reunião realizada na sede Secretaria de Patrimônio da União do Distrito Federal (SPU-DF), o senador Hélio José (PMDB-DF) afirmou a servidores que ele indicaria para o comando da instituição “a melancia” que ele quisesse. As declarações foram feitas após o senador ver frustrada a tentativa de emplacar o superintendente da entidade ligado a ele. O Estado teve acesso à gravação feita por um dos funcionários que participou da reunião, realizada na sede da instituição na última terça-feira.

“Isso aqui é nosso. Isso aqui eu ponho quem eu quiser. A melancia que eu quiser aqui, eu vou colocar. Porque esse cargo foi negociado comigo”, diz o senador. 

A SPU é responsável pela regularização, arrecadação, além de gerenciar e monitorar todas as ações voltadas e/ou relacionadas com as questões vinculadas ao Patrimônio da União.

No encontro, Hélio José cita várias vezes o nome de Valéria Caetano, superintendente substituta da SPU, a qual acusa de conspirar contra ele.

“Ela está achando que é mais importante que um senador da República, sou uma autoridade pública, tenho o meu nome a zelar... Não vai ser uma armaçãozinha de meia dúzia de pessoas que tiveram seus direitos afrontados ou talvez os seus direitos ameaçados... que acha que vai ficar ai fazendo esse tipo de golpe e tentativa de golpe. Que história é essa? Está achando o que?”, diz o senador que determina aos presentes que lacrem todas as gavetas da servidora.

Ao falar do indicado para o cargo, Francisco Nilo Gonsalves Junior, o senador ressalta que o futuro dirigente tem um lado. “A SPU mudou a cara, agora tem um gerente responsável que conhece de administração pública que não é uma pessoa que vai estar fazendo joguete nem para um lado, nem para o outro. Ele tem lado, o lado dele é o senador Hélio José responsável pela SPU a partir de hoje. A partir de hoje a SPU é responsabilidade minha, do senador Hélio José gabinete 19 da Teotônio Vilela”, afirma o senador.

Na reunião, Hélio José também faz críticas e piadas com o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), de quem é suplente no Senado. “Sou de Brasília quero o melhor para a nossa cidade, quero tentar resolver os problemas que o seu Rodrigo Rollemberg não resolve. Enrollemberg para a maioria do pessoal. Estamos com esse problema sério de terras públicas no DF, que nada anda. Nada anda, por causa de um incompetente que ele colocou na secretaria de habitação”, diz.

Em nota, o senador defendeu a indicação de Francisco Nilo Gonsalves Júnior dizendo que ele é “um profissional autônomo de elevada capacitação técnica”.

“O sr. Nilo é gestor financeiro, devidamente inscrito no Conselho Regional de Administração, de elevada capacitação técnica, a quem o senador confiou e sugeriu uma indicação técnica para assumir a SPU-DF, que tem por finalidade zelar, manter, administrar e sobretudo, ajudar a destravar o sistema fundiário inclusive na regularização dos condomínios de uma forma técnica, honesta e totalmente dentro da legalidade”, diz trecho do documento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.