Senador despista jornalistas

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), conseguiu despistar os jornalistas que o aguardavam ontem na porta do Hospital Sírio-Libanês, onde sua mulher, Marly, seria operada. Os dois chegaram no início da tarde em um helicóptero, sem passar pela entrada principal. Dona Marly, de 77 anos, fraturou o ombro esquerdo na quinta-feira passada em sua casa, em São Luís (MA), após tropeçar em um tapete. Os resultados dos exames levaram os médicos David Uip, Roberto Kalil Filho e Sérgio Checchia a optarem pela realização da cirurgia ainda na noite de ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.