Senado vai pedir a Lula que reveja expulsão de jornalista

O líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva dará audiência amanhã, no Palácio do Planalto, ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e aos líderes de todos os partidos no Senado, para tratar da expulsão do jornalista Larry Rohter, do The New York Times. Mercadante adiantou que Sarney já está fazendo convite a todos os líderes e que o Senado pedirá a Lula que reveja a decisão de expulsar o jornalista norte-americano. Eles consideram que já há um repúdio do Senado e do governo norte-americano ao conteúdo da reportagem publicada pelo jornal, em que se afirma que o País estaria preocupado com um suposto abuso no consumo de bebidas alcoólicas pelo presidente Lula. Segundo Mercadante, os líderes pretendem apresentar ao presidente uma proposta para que sejam buscados outros instrumentos, como a Justiça, para reparar os danos causados ao governo Lula. "Já há uma posição unânime de repúdio à reportagem, e pretendemos explicar que o cancelamento do visto não é a melhor resposta", afirmou Mercadante. O líder disse que o presidente se dispôs a receber os líderes e a conversar, e isso, na opinião dele, pode significar uma disposição de avaliar a proposta dos senadores. Segundo Mercadante, ainda está sendo negociado o horário do encontro, mas é provável que ele ocorra às 9h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.