Senado ouve testemunhas sobre denúncias de ACM

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado realiza esta manhã uma sessão na qual serão ouvidos os três procuradores que participaram da conversa com o senador Antônio Carlos Magalhães, cujo conteúdo foi parcialmente publicado pela revista IstoÉ. Também serão ouvidos os três repórteres responsáveis pelas reportagens. O Conselho investiga se Magalhães feriu o decoro parlamentar, como sugerem alguns trechos dos diálogos publicados.O senador Antonio Carlos Magalhães deverá ser ouvido após os peritos da Unicamp concluírem perícia no painel de votação eletrônica no Senado, que apura se houve mudança no programa de informática, de modo a permitir violação do sigilo de voto. O corregedor do Senado, Romeu Tuma, convidado pelo presidente do Conselho de Ética, Ramez Tebet, faz uma exposição sobre as investigações que também está realizando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.