Senado ouve Cardozo sobre ação contra de cartel de trens

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Vital do Rêgo (PMDB-PB), abriu no final da manhã desta terça-feira, 03, a reunião em que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, falará sobre o seu envolvimento no episódio acerca das apurações conduzidas pela Polícia Federal a respeito de denúncias de corrupção de políticos e formação de cartel no transporte de trens de São Paulo. O diretor-geral da PF, Leandro Daiello, também vai participar do encontro.

RICARDO BRITO, Agência Estado

03 Dezembro 2013 | 11h48

A decisão de Cardozo de depor à CCJ foi costurada por integrantes da base aliada desde a semana passada e tem por objetivo distensionar o clima político com a oposição. A cúpula do PSDB, que chegou a pedir a demissão do titular da Justiça, acusou o ministro de ter motivações políticas ao se envolver no caso do metrô para tentar abafar as prisões do mensalão. Em revide, Cardozo convocou duas entrevistas coletivas para se defender e, na última delas, anunciou que processaria quem o acusasse injustamente.

Mais conteúdo sobre:
caso siemens Cardozo senado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.