André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Senado libera servidores de trabalho em jogos do Brasil na Copa

Funcionários vão trabalhar apenas meio expediente nos dias de partidas da seleção

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

07 Junho 2018 | 21h47

BRASÍLIA - O Senado decidiu liberar seus funcionários para assistir aos jogos do Brasil na Copa do Mundo, realizada na Rússia a partir da próxima semana. Na prática, os servidores do Senado terão que trabalhar apenas meio expediente em dias de partida da seleção brasileira. A regra não prevê que as horas sejam compensadas posteriormente.

Senado aprova projeto que altera local de cobrança do ISS de apps de transporte

Quando os jogos da seleção ocorrerem pela manhã, segundo o horário de Brasília, o expediente começará a partir das 14h. Caso a seleção jogue à tarde, a jornada terminará antecipadamente, às 13h.

O Brasil estreia contra a Suíça no domingo, dia 17. Ainda na primeira fase, haverá uma partida na sexta-feira, dia 22, às 9h contra a Costa Rica. O último jogo do grupo será contra a Sérvia, no dia 27, uma quarta-feira, às 15h. A jornada de trabalho semanal será reduzida proporcionalmente, conforme decisão do Senado. Cada unidade interna da Casa terá que assegurar o funcionamento dos serviços essenciais.

+ Senado aprova regime de urgência para projeto da reoneração

As regras foram divulgadas internamente na quinta-feira, 7, em ato do primeiro secretário da Mesa Diretora, senador José Pimentel (PT-CE).

O Ministério do Planejamento publicou regras semelhantes no Diário Oficial da União. Os servidores do Executivo, porém, terão de compensar até outubro as horas não trabalhadas - o que não está previsto na decisão da Primeira Secretaria do Senado.

Questionado, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), disse que não tinha conhecimento da decisão: “Não estou sabendo de nada. Coisa do primeiro secretário, sem me avisar. A competência administrativa é dele”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.