Senado deve votar PPP até novembro, diz Paim

O vice-presidente do Senado, Paulo Paim (PT-RS), afirmou nesta quarta-feira que o projeto de lei que prevê a criação da Parceria Público-Privada (PPP) deverá ser votado ainda neste ano na Casa, no máximo até o mês novembro. Em entrevista concedida ao portal do PT na internet, o senador explicou que não será fácil a votação acontecer em agosto, pois deve haver apenas uma semana de esforço concentrado neste mês e ainda existem quatro medidas provisórias para a apreciação, além dos destaques da reforma do Judiciário. "Votar em agosto é difícil. É mais fácil talvez em setembro ou mesmo em novembro", disse o parlamentar ao portal petista, destacando a necessidade de um acordo entre os senadores para a proposta aprovada, em março, na Câmara dos Deputados. Ontem, o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Ramez Tebet (PMDB-MS), comentou que a PPP dificilmente será aprovada em 2004 , mesma opinião do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), que acredita que a proposta não será examinada antes das eleições municipais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.