Senado compra 110 tablets para parlamentares e servidores: R$ 189 mil

Segundo a Casa, aparelhos reduzem consumo de papel e aumentam agilidade

estadão.com.br

19 de janeiro de 2012 | 18h46

O Senado assinou um contrato de R$ 189 mil para comprar 110 tablets que serão usados pelos parlamentares e alguns servidores da Casa. Cada aparelho, da marca Samsung, custará R$ 1.718 aos cofres públicos.

 

A compra foi publicada no Diário Oficial de terça-feira, 17, após a realização de um pregão eletrônico. Segundo o setor de informática do Senado, o uso dos tablets pelos parlamentares e funcionários poderão reduzir o consumo de papel e dar mais agilidade aos trabalhos legislativos da Casa.

 

"Estamos adquirindo, na verdade, um conjunto de soluções para o processo legislativo", afirmou João Holanda, da Secretaria Especial de Informática, em entrevista à Rádio Senado.

 

* Com informações da Agência Senado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.