Senado arquiva requerimentos sobre Eduardo Jorge

O senador Antero Paes de Barros (PSDB-MS), que presidiu hoje a sessão plenária do Senado, arquivou dois requerimentos referentes ao ex-secretário-geral da Presidência, Eduardo Jorge. O primeiro solicitava informações sobre depósitos de recursos do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo nas contas de Eduardo Jorge, e de sua esposa Lídice Coelho, além de sócios do ex-secretário e do ex-presidente da Previ, Jair Bilachi. O outro requerimento pedia que a Receita Federal informasse se foi encontrada evidência de sonegação fiscal ou enriquecimento ilícito nas contas de Eduardo Jorge.Os dois requerimentos tinham parecer do senador Bello Parga (PFL-MA) pelo indeferimento. Um terceiro requerimento, apesar de ter tido a mesma recomendação pelo indeferimento, continuará tramitando por um recurso apresentado pela senadora Heloísa Helena (PT-AL). Este requerimento solicita a quebra do sigilo bancário do ex-secretário da Presidência no período de janeiro de 1995 a julho de 2000. Com isso, o seu indeferimento ou atendimento terá que ser decidido pelo plenário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.