Senado arquiva investigações sobre Eduardo Jorge

O plenário do Senado decidiu arquivar outros dois requerimentos pedindo investigações envolvendo o ex-ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Eduardo Jorge Caldas Pereira. Os dois requerimentos eram de autoria de representantes da oposição.O primeiro deles pedia esclarecimentos à Receita Federal de investigações sobre Eduardo Jorge e sua esposa, Lídice Coelho, feitas a pedido do Ministério Público de Goiás. O segundo solicitava ao Ministério da Fazenda a relação de todos os depósitos oriundos do Tribunal Regional do Trablaho (TRT) de São Paulo, constantes do rastreamento das contas de Eduardo Jorge.O plenário do Senado já havia rejeitado outro requerimento, também de autoria da oposição, este pedindo a quebra do sigilo bancário de Eduardo Jorge. Na semana passada, o presidente da Comissão de Fiscalização e Controle do Senado, Ney Suassuna (PMDB-PB), havia arquivado requerimento semelhante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.