Senado aprova urgência para Código Florestal

Sem protestos de senadores que se manifestaram contra, pedido foi lido e aprovado no plenário

Rosa Costa, de O Estado de S.PAulo

30 de novembro de 2011 | 21h06

Senadores do governo e da oposição aprovaram nesta quarta-feira, 30, por 58 votos a 6, o requerimento de urgência para votar o projeto do Código Florestal na próxima terça-feira, 6. O procedimento se deu no mesmo dia em que o pedido foi lido no plenário e sem os protestos dos dois senadores do PSOL Marinor Brito (PA) e Randolfe Rodrigues (AP), os únicos que, publicamente, se manifestam contra os termos da proposta.

A expectativa do governo é iniciar a tramitação do projeto na Câmara na próxima quinta-feira, 8. Cumprindo o prazo e estendido o exame do texto até o dia 22, véspera do início do recesso legislativo, os líderes acreditam que haverá tempo para a proposta começar a vigorar ainda este ano. Alguns pontos, porém, como a recomposição de áreas desmatadas, ainda precisam ser regulamentados.

Tudo o que sabemos sobre:
ambienteCódigo FlorestalSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.