Senado aprova também a segunda parte da reforma do Judiciário

O plenário do Senado aprovou a outra parte da reforma do Judiciário, que retornará à Câmara para ser reexaminada pelos parlamentares. A aprovação foi por 62 votos a 1, e aconteceu poucos minutos depois da aprovação da primeira parte da reforma. Os 175 destaques apresentados ao parecer do relator, José Jorge (PFL-PE), só serão examinados em agosto, depois do recesso parlamentar. Uma das modificações na proposta é a que proíbe o nepotismo nos cargos de confiança dos tribunais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.