Divulgação
Divulgação

Senado aprova projeto que incentiva a recuperação florestal

Recuperação ocorreria em assentamentos rurais, áreas desapropriadas pelo poder público e áreas degradadas em posse de agricultores familiares

Venilson Ferreira, da Agência Estado,

09 de julho de 2013 | 17h21

A Comissão de Meio Ambiente do Senado aprovou nesta terça-feira, 09, em caráter terminativo, o relatório do senador Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) ao projeto de lei complementar 99/2012. O objetivo da proposta é fomentar e incentivar a recuperação florestal em assentamentos rurais, áreas desapropriadas pelo poder público e áreas degradadas em posse de agricultores familiares, em especial de comunidades quilombolas e indígenas. De acordo com o projeto, as ações de incentivo poderão ser financiadas com recursos de fundos nacionais para a temática ambiental.

Rollemberg lembrou que a necessidade de o governo federal fomentar a recuperação florestal foi uma preocupação que surgiu à época da discussão do Código Florestal.

 

Segundo ele, o texto avança em relação ao que está previsto no Código Florestal, pois explicita as formas de incentivo e fomento de recuperação de matas dentro de programas e políticas públicas existentes. "O projeto é voltado especialmente aos pequenos produtores, que precisam de incentivos para recuperar áreas degradadas, pois não têm condições de fazê-lo por conta própria", disse o parlamentar.

Além de consolidar mecanismos de recuperação florestal e de implantação de sistemas agroflorestais, o projeto cria meios de garantir aos beneficiários segurança econômica, alimentar e energética. Como foi aprovado em caráter terminativo, o projeto segue para a sanção presidencial.

Tudo o que sabemos sobre:
Código florestalSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.