Senado aprova cinco Medidas Provisórias e libera pauta

O Senado liberou hoje a pauta do plenário para a votação do projeto que prorroga a Lei de Informática e os destaques de votação em separado da reforma do Poder Judiciário. Os dois projetos, no entanto, serão votados somente na sessão de amanhã, marcada para as 10 horas. Foram aprovadas cinco medidas provisórias que trancavam a pauta. Além da MP que trata do Programa Nacional do Primeiro Emprego (PNPE), foram aprovadas duas que tratam da liberação de crédito orçamentário. Os senadores também autorizaram a liberação de crédito de valores inferiores a R$ 100 e as novas regras para remuneração de militares servindo em forças multinacionais empregadas em operações de paz. O projeto que prorroga a Lei de Informática depende de acordo entre os três relatores nas comissões do Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), Hélio Costa (PMDB-MG) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG). A votação da reforma do Poder Judiciário deverá ser encaminhada em um acordo de procedimentos que inclui a votação de apen as 15 destaques de votação em separado, dos mais de 170 apresentados ao projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.