Senado anula posse do suplente de Amir Lando

O presidente em exercício do Senado, Paulo Paim (PT-RS), anunciou oficialmente a decisão da Mesa Diretora da Casa de anular a posse de Mário Calixto Filho (PMDB-RO) como senador, na vaga deixada pelo ex-líder do governo no Congresso, senador Amir Lando (PMDB-RO), que assumiu o cargo de ministro da Previdência, na recente reforma ministerial promovida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Calixto assumiu a vaga porque o Senado recebeu sua documentação, mas não foi informado de que seus direitos políticos estavam cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rondônia. Ao receber a comunicação oficial da suspensão dos direitos políticos de Calixto, a Mesa entendeu que ele não deveria ter tomado posse e optou pela anulação da posse, em vez de cassar seu mandato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.