Senado analisa o uso livre do Hino e da Bandeira

Após quase três décadas, a Bandeira Nacional e o Hino Nacional vão poder ser utilizados em manifestações populares sem que haja nenhum tipo de repressão. Uma banhista poderá estampar no biquíni ou na canga o desenho da bandeira. Qualquer cidadão terá a liberdade de entoar o hino fora das partituras oficiais. O Senado começa a analisar ainda este mês o Projeto de Lei da Câmara (PLC) número 13 que abre caminho para que os dois símbolos do País possam fazer parte mais livremente de cerimônias como, por exemplo, competições esportivas ou eventos internacionais. Leia mais no Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.