Senado adia para 4ª votação da Venezuela no Mercosul

O Senado aprovou ontem à noite uma série de projetos, mas adiou para a quarta-feira da próxima semana a votação do protocolo da Venezuela de adesão ao Mercosul. A data já tinha sido acertada pelos lideres dos partidos, mas os governistas tentaram colocar o assunto na pauta de ontem, sem sucesso, por causa do esvaziamento do plenário.

ROSANA DE CASSIA, Agencia Estado

03 de dezembro de 2009 | 10h22

Entre os projetos aprovados está a proposta que estabelece um piso salarial nacional para policiais civis e militares, incluindo os bombeiros. Foi aprovado também o projeto que muda as regras de pagamento dos precatórios e o que transfere da União para o Distrito Federal a manutenção e organização da Defensoria Pública.

A proposta de emenda à Constituição (PEC) do divórcio, que acaba com a exigência de prazos para a obtenção da separação definitiva, foi aprovada em primeiro turno, e se for mantido o acordo entre os líderes, deverá ter sua tramitação concluída na próxima semana.

Também foi aprovado projeto que facilita repressão ao crime organizado, que segue agora para a Câmara, e o que trata da realização de referendo em municípios do Pará e do Amazonas que tiveram hora legal alterada em 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoVenezuelaMercosulvotação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.