Senado abre nova apuração sobre venda de passagens

A Primeira Secretaria do Senado instaurou sindicância para apurar possíveis irregularidades na emissão de passagens aéreas dos parlamentares da Casa. A investigação, aberta no dia 22 de dezembro, vai apurar a conduta de um servidor da agência de turismo contratada pelo Senado para emitir os bilhetes dos parlamentares.

LEANDRO COLON, Agência Estado

05 de janeiro de 2011 | 19h43

Segundo portaria da Primeira Secretaria, uma auditoria interna identificou "impropriedades" na atuação dele. Essa análise preliminar foi feita a pedido dos senadores, que apontaram falhas nos saldos das verbas a que têm direito mensalmente. A Primeira Secretaria nega qualquer semelhança do caso com o escândalo da "farra das passagens" que atingiu a Câmara dos Deputados em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.