Sem-teto protestam contra visita de FHC

Cerca de 200sem-teto fizeram um protesto nesta sexta-feira pela manhã, no município metropolitano de Olinda,contra a visita do presidente Fernando Henrique Cardoso ao Estado.Carregandocartazes dizendo "FHC, o povo quer comer", eles fizeram passeata no bairro de RioDoce, tendo como alvo dois supermercados, diante dos quais permaneceram até recebercomida.O primeiro supermercado visitado, o Bompreço, fechou suas portas enquanto negociavacom os manifestantes que ameaçaram só sair do local com 100 cestas básicas.Ossem-teto terminaram se contentando com 50 cestas e seguiram para o Comprebem, quefechou apenas parcialmente e deu 50 quilos de feijão e igual quantidade de arroz,carne de charque, açúcar e óleo.O líder dos sem-teto, Marco Cosmo, disse que a manifestação ocorreu longe do Paláciodo Campo das Princesas, no Recife, onde o presidente iria ser recebido à tarde,porque a polícia impediria o protesto."Usamos outra tática, já que o movimento émuito visado", explicou ele, responsabilizando a política econômica adotada pelogoverno federal pelo "estado de miserabilidade" de grande parte da população.Eledisse que o Brasil tem 10 milhões de desempregados, 305 mil deles concentrados naregião metropolitana do Recife.A polícia acompanhou toda a movimentação dos sem-teto, mas não interveio. Osalimentos foram divididos entre as famílias que participaram do protesto e que ocupamum terreno no bairro de Rio Doce.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.