Sem-teto protestam contra preços em supermercados de SP

Grupo realiza manifestação pacífica no hipermercado Carrefour da Av. Giovanni Gronchi, no bairro do Morumbi

Bianca Pinto Lima e Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

19 de novembro de 2008 | 11h21

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) e da Associação Periferia Ativa (APA) realizaram um protesto na manhã desta quarta-feira, 19, contra a alta dos preços dos alimentos e a crise econômica. Cerca de 50 manifestantes se reuniram no Terminal de ônibus João Dias, ao lado do Carrefour da Giovanni Gronchi, no Morumbi, segundo números da Polícia Militar (PM). A ação faz parte da Jornada contra a Carestia, que, segundo informações do movimento, seria realizada em sete Estados do País.   Em nota, o Carrefour esclareceu que um grupo de cerca de 200 pessoas realizou uma manifestação pacífica no hipermercado localizado na Av. Giovanni Gronchi e que foi realizado um ato simbólico contra a crise econômica mundial. Segundo a rede, a manifestação transcorreu sem nenhum incidente e terminou por volta das 12 horas. O hipermercado opera normalmente.   O objetivo da ação é chamar a atenção dos governantes e da sociedade para o aumento da miséria e das dificuldades econômicas que os trabalhadores brasileiros começam a sofrer com a crise econômica, de acordo com nota divulgada pelo movimento. Os movimentos reivindicam, entre outras pautas, políticas estatais para o controle dos preços, restaurantes populares e subsídios para abaixar o custo de vida.   Texto atualizado às 16 horas

Tudo o que sabemos sobre:
MTSTcarrefouralimentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.