Sem teto ficam feridos em confronto no RJ

Pelo menos cinco integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto do Rio de Janeiro (MTST/RJ) ficaram feridos durante confronto com a polícia, em Campo Grande, zona oeste, hoje de manhã. Cerca de 200 famílias de sem teto estavam desde a madrugada em um terreno invadido e foram retiradas à força por policiais militares. A ocupação do terreno, localizado na Avenida Brasil, próximo à fábrica de refrigerantes Convenção, começou às 2 horas de manhã. A PM chegou no início da manhã e tentou convencer os sem teto a deixar o local. Diante da recusa, os policiais retiraram lonas e alimentos dos invasores para forçar a retirada. Máquinas fotográficas também foram apreendidas para que eles não registrassem a ação policial. O batalhão da PM da área negou que os policiais tenham agredido os manifestantes e informou que a intervenção foi pacífica. Estudantes universitários e ativistas alemães acompanhavam a manifestação e testemunharam a favor dos sem teto na 35ª Delegacia Policial (Campo Grande), onde o fato foi registrado. Segundo os manifestantes, um integrante do MTST morreu atropelado durante o confronto. A polícia não confirmou a morte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.