Sem-teto fazem ato pela cassação de senadores

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), fizeram uma passeata na manhã de hoje pela cassação dos senadores Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), José Roberto Arruda (sem partido-DF) e Jader Barbalho (PMDB-PA). Eles carregaram faixas pedindo moralidade na política e queimaram três caixões de papelão no final da caminhada, próximo ao Viaduto Tancredo Neves, no bairro da Imbiribeira. Os manifestantes acenderam velas e cantaram o Hino Nacional enquanto o fogo destruía os caixões."Eles estão sendo cremados porque a terra não merece recebê-los", afirmou o líder do movimento, Marcos Cosmo. Segundo ele, os três senadores simbolizam a vergonha do povo, que deve se mobilizar e exigir as cassações. "Esses políticos só serão cassados se a população se organizar e mostrar sua indignação". O protesto interrompeu o trânsito durante meia hora e teve a participação de cerca de 80 sem-teto que estão acampados há 29 dias em um terreno no bairro de Boa Viagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.