Sem -terra têm 48 horas para deixar fazenda em Araçatuba

Cerca de 400 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiram ontem domingo a Fazenda Rosa Branca, no município de Araçatuba, a 540 quilômetros de São Paulo. Esta foi a primeira invasão comandada pelo MST no município. No início da noite desta segunda-feira o juiz Emerson Sumariva Junior, da 3ª Vara Cível, concedeu liminar de reintegração de posse ao proprietário da fazenda, Domingo Otávio Page. Acompanhado de policiais militares, um oficial de Justiça notificou as famílias a deixar o local em 48 horas. A fazenda, de 140 alqueires, é usada para criação de gado.Segundo a coordenação do Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp) na região noroeste do Estado, não há estudos que indiquem se ela é improdutiva. A pedido do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o Itesp fez, há dois anos, 179 vistorias em propriedades rurais naquela região e constatou que 26 áreas são improdutivas."A fazenda Rosa Branca, no entanto, não estava na relação das propriedades vistoriadas", informou o coordenador regional do Itesp, Marco Pilla. Segundo ele, o instituto vai encaminhar uma equipe da área de Mediação de Conflitos de São Paulo para Araçatuba nesta terça-feira. No acampamento estão famílias de Araçatuba, Andradina, Castilho, Ilha Solteira, Fernandópolis, Campinas, Sumaré e até da capital.O município é conhecido como "Terra do Boi Gordo" por concentrar grande parte dos agronegócios do Estado de São Paulo. A pecuária local é a quarta maior vendedora de gado de corte do País. Com um rebanho de 511 mil cabeças de gado, Araçatuba movimenta mais de R$ 14 milhões com a comercialização de 60 mil animais de corte e 1.200 reprodutores por ano e taxa anual de abates de 10 mil cabeças. Também concentra o maior número de pecuaristas do Brasil e importantes escritórios, leilões e laboratórios onde são desenvolvidas pesquisas de melhoria genética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.