Sem-terra saqueiam caminhão de arroz em Pernambuco

Integrantes do MST saquearam na madrugada desta quinta-feira um caminhão carregado de arroz, no município de Xexéu, na zona da mata Pernambucana. De acordo com a coordenação estadual do MST, outros saques devem ocorrem em breve. Os sem-terra acusam o Incra e o Ministério da Segurança Alimentar de não cumprirem o acordo de distribuição de cestas básicas nos assentamentos e acampamentos do movimento no Estado.No dia 16 de abril, quando um grupo de sem-terra ocupou a sede do Incra em Pernambuco, o superintendente estadual do órgão, João Farias, negociou com o ministro José Graziano a liberação de 16 mil cestas básicas. O prazo dado pelo ministro acabou no dia 5 de maio."Aguardamos o quanto pudemos, mas o pessoal está com fome. Não podemos segurar os companheiros que estão vendo seus filhos passando necessidade. Eles estão indo em busca de comida, esteja ela onde estiver", afirmou o coordenador estadual do MST em Pernambuco, Jaime Amorim.O arroz foi distribuído para os acampamentos perto do município de Palmares que, segundo o MST, são os mais necessitados. O secretário do Conselho de Desenvolvimento Social, Tarso Genro, e a ministra da Assistência e Promoção Social, Benedita da Silva, que estiveram no Recife participando de um evento sobre segurança, disserem que o poblemas é dos ministros do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, e do ministro da Segurança Alimentar. "Não posso dizer nada. Essa é uma questão que tem que ser tratada com os ministro do Desenvolvimento Agrário da Segurança Alimentar", disse Genro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.