Sem-terra morre após ataque de homens encapuzados

Josuel Fernandes da Silva, integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem-terra (MST) morreu na tarde desta quinta-feira. Durante a madrugada, ele foi arrastado por dois homens encapuzados da casa do seu pai, em Engenho Manguinhos, no município de São José da Coroa Grande, e baleado no abdome.Ele chegou a ser levado para o Hospital da Restauração, em Recife, mas faleceu. O promotor agrário do Ministério Público Estadual, Edson Guerra, foi ao local com a superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Maria de Oliveira. Os dois chegaram a conversar com Josuel no hospital, que disse ter reconhecido um dos agressores pela voz.Foi aberto inquérito policial e o promotor de São José da Coroa Grande, Luís Sávio, poderá pedir prisão temporária do suspeito, cujo nome não foi revelado. O líder do MST em Pernambuco, Jaime Amorim, se mobiliza para levar mil integrandes do MST para o enterro de Josuel, que será amanhã, em São José da Coroa Grande.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.