Sem-terra invadem outra fazenda em MS

Mais de 100 famílias orientadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), invadiram esta madrugada a Fazenda Santa Terezinha, com área de 3.180 hectares, situada no município de Eldorado, extremo sul de Mato Grosso do Sul, na divisa com o Paraguai. Segundo o administrador do imóvel, Valdir Aparecido Santussi, os invasores bloquearam a estrada vicinal que dá acesso a fazenda. Ele prestou queixa na Delegacia regional de Polícia Civil daquela cidade.É a segunda ocorrência do gênero em uma semana, envolvendo o MST. A primeira aconteceu segunda-feira da semana passada, quando um grupo de 500 sem-terra invadiu a Fazenda Santa Maria, em Rio Brilhante, a leste do MS e a 210 quilômetros de Campo Grande. O juiz da Primeira Vara Cível da Comarca de Rio Brilhante, Mário Alexandre Wust, determinou a desocupação da propriedade rural, mas a ordem foi desrespeitada e os invasores garantem que ficarão no local até conseguir assentamento definitivo na região.O magistrado solicitou força policial para despejar os sem-terra, mas ainda não foi providenciado. A fazenda tem área de 525 hectares e é propriedade de uma mesma família há 58 anos. Segundo informou Mário Cerveira, um dos donos, o imóvel é produtivo conforme laudo do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.