Sem-terra entram em conflito com fazendeiros

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) entraram em conflito com fazendeiros de Goiás. Cerca de 100 famílias estão acampadas em uma fazenda em Chapadão do Céu, a 460 quilômetros de Goiânia. Segundo os fazendeiros, 30 integrantes do MST queimaram dois tratores avaliados em R$ 100 mil cada um. Dois hectares de lavoura de soja também foram queimados. A polícia foi chamada mas ninguém foi preso porque não houve flagrante. Os sem-terra negaram as acusações e disseram que a fazenda é improdutiva, mas um laudo do Incra diz o contrário. Os produtores, que arrendaram a fazenda há 10 anos, disseram que se sentem ameaçados pelos sem-terra e estão deixando a propriedade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.