Sem-terra destroem 3 mil pés de café em SP

Cerca de 3 mil pés de café da Fazenda Macaé, em Andradina, no noroeste paulista, foram destruídos no sábado por um grupo de pelo menos 80 sem-terra ligados ao Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Sintraf). Eles disseram que era um protesto pela demora da reforma agrária e prometeram deixar a área hoje.O oficial de Justiça Paulo José Furlan entregou ontem intimação solicitando a retirada imediata do grupo, que colocou tratores na porteira para impedir a entrada da polícia. O dono da fazenda, Eduardo José Bernardes Filho, já obteve a reintegração de posse na Justiça.Também no sábado, cerca de 50 integrantes do Movimento de Libertação dos Sem-Terra (MLST) ocuparam a Fazenda Alvorada, em Presidente Epitácio, no Pontal do Paranapanema. Segundo a Polícia Militar, o grupo estava acampado em uma estrada vicinal e entrou pela porteira da fazenda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.