Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Sem-terra desocupam fazenda em Araçatuba

Cerca de 150 famílias de sem-terra ligadas ao MST desocuparam nesta terça-feira a Fazenda Araçá, em Araçatuba, invadida no dia 3 de junho. Antes elas haviam ocupado a Fazenda Rosa Branca. As duas ocupações foram as primeiras feitas pelo MST em Araçatuba, a 545 quilômetros de São Paulo, município que é um centro pecuário, conhecido como a capital do boi gordo.As famílias estão montando acampamento no município de Brejo Alegre, a 30 quilômetros de Araçatuba. A reintegração de posse em favor do proprietário da Fazenda Araçá, José Carlos Garcez, foi concedida pela Justiça na quinta-feira.A liminar, assinada pelo juiz Fernando Augusto Rodrigues Júnior, determinava a desocupação imediata da propriedade e que os invasores ficassem pelo menos a 20 quilômetros da fazenda. Eles conseguiram um prazo até as 14 horas da última sexta-feira para deixar a propriedade voluntariamente.Como não saíram, um oficial de justiça, acompanhado de 90 policiais militares, voltou nesta terça-feira à fazenda para cumprir a reintegração. O dono da terra cedeu dois caminhões para o transporte dos pertences dos invasores. A desocupação total foi concluída por volta de 17h30. "Queremos ficar em Araçatuba porque aqui há quatro fazendas que foram consideradas improdutivas pelo Incra", disse Lourival Plácido de Paula, da direção estadual do MST.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.