Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sem-terra deixam pacificamente área no Paraná

Um grupo de 30 sem-terra, conhecidos como Xambrê, por viverem nesse município a cerca de 620 quilômetros de Curitiba, no noroeste do Paraná, deixou nesta segunda-feira a propriedade do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), que tinham invadido no sábado. Na área de 90 hectares são feitas pesquisas com café, algodão, amora, pastagens e adubos naturais. Esta foi a segunda vez que a propriedade foi invadida pelo grupo este ano. Sem ligação com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), eles são trabalhadores volantes que perderam o emprego e ex-moradores das ilhas do Rio Paraná, retirados do local com a transformação em parque nacional. Segundo eles, na primeira vez que invadiram a propriedade foi prometido lonas e alimentos, mas não teriam recebido nada.Os invasores retornaram para o acampamento em uma estrada a cerca de 3 quilômetros do terreno do Iapar. Segundo o coronel Antônio Amauri Ferreira de Lima, do Comando de Policiamento do Interior (CPI), dez policiais estiveram domingo no local, dando prazo até as 9 horas de ontem para a retirada. Quando 70 policiais chegaram pela manhã, eles concordaram em sair pacificamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.