Sem-terra deixam fazenda em Serrana

Cerca de 120 policiais militares cumpriram ontem a reintegração de posse de área da Fazenda Martinópolis, em Serrana, região de Ribeirão Preto, ordenada pela Justiça. Cerca de 80 famílias ligadas ao Movimento dos Sem-terra (MST), havia ocupado a área no dia 6, para reivindicá-la para um novo assentamento. O MST entende que a área pertence ao Estado, pois está penhorada desde 1986, e estaria sendo usada irregularmente no plantio de cana-de-açúcar. Não houve resistência dos sem-terra, que deixaram o local no fim da tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.