Sem-terra bloqueiam rodovias no Rio Grande do Sul

Centenas de manifestantes ligados à Via Campesina bloquearam a BR-386 em Iraí, no norte do Rio Grande do Sul, e a BR-392 em Canguçu, no sul do Estado, por diversas vezes nesta quarta-feira. Durante toda a tarde, os grupos alternaram períodos nos quais ocupavam e desocupavam um trecho das rodovias. Quando o tráfego parava, distribuíam panfletos aos motoristas com as reivindicações do movimento. A organização também fez uma passeata pelas ruas de Santa Cruz do Sul, no centro do Estado.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

26 Maio 2010 | 18h45

Segundo nota distribuída à imprensa, a mobilização tem o objetivo de pressionar o governo federal a reduzir R$ 10 mil das dívidas dos pequenos agricultores, liberar créditos subsidiado para quem produz alimentos saudáveis e preserva o meio ambiente e assentar todas as famílias de sem-terra acampadas em diversas regiões do País.

Plínio Simas, coordenador da Via Campesina, disse que os protestos vão prosseguir pelo menos até sexta-feira, quando os manifestantes esperam que seus representantes recebam alguma proposta dos ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Fazenda.

Mais conteúdo sobre:
sem-terra Via Campesina protesto rodovias RS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.