Sem-terra bloqueiam estrada por quatro horas em PE

Ateando fogo em pneus, galhos e pedras, cerca de 300 sem-terra ligados ao Movimento Terra Trabalho e Liberdade (MTL) bloquearam nesta quarta-feira as duas pistas da BR-101 Sul no quilômetro 113, no município metropolitano Cabo de Santo Agostinho. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o bloqueio teve início por volta das 8 horas e foi encerrado às 12h30, provocando congestionamento de cerca de três quilômetros no sentido Recife/Maceió. No sentido contrário, os carros usaram desvio via estrada estadual.Os sem-terra decidiram liberar a BR depois que a superintendente regional do Incra, Maria de Oliveira, prometeu receber representantes do MTL numa reunião na próxima segunda-feira. Ela frisou não ser necessário bloquear rodovia para conversar com o Incra, e lembrou que na sexta-feira passada houve um encontro com todos os movimentos de luta pela terra no Estado, na sede do órgão. De acordo com o coordenador do MTL, Renato Carvalho, o bloqueio teve por finalidade cobrar o assentamento de 150 famílias no MTL em quatro áreas localizadas no litoral sul que já tiveram decreto de desapropriação - Araguari, no município de Barreiros; Olinda e Universo, no município do Cabo de Santo Agostinho; e o engenho São Pedro, em Jaboatão dos Guararapes. Ele disse que o MTL coordena acampamentos às margens dessas propriedades e quer garantir que os assentamentos ocorram ainda neste ano."Nenhuma família do MTL foi assentada em Pernambuco no governo Lula", reclamou Carvalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.