Sem-terra bloqueiam a BR-163 em protesto contra a CEF

Um grupo de 1.200 sem-terra e assentados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de Mato Grosso do Sul, tiveram uma manhã inteira de protestos em Campo Grande. A maioria ficou concentrada em frente do prédio da administração regional da Caixa Econômica Federal, até a entrega da "Pauta Nacional da Habitação".Durante o período, bloquearam a BR-163, em Eldorado no extremo sul do MS e a MS-134, que liga o distrito de Casa Verde a Nova Andradina, na região leste do Estado. Por volta de 14h, suspenderam as manifestações, depois que o superintendente da CEF, Maurício Antônio Quarezmin, anunciou que a instituição vai financiar, este ano, a construção e reformas de mais 14 mil moradias nos assentamentos do Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.