Sem proposta, oposição lança manifesto contra o 'caos' no País

Assinada pelas lideranças do PSDB, DEM, PPS, Solidariedade e PSC, a carta diz que Dilma não tem condições de apontar solução

Bernardo Caram, Agência Estado

20 de agosto de 2015 | 12h15

Brasília - Líderes de partidos da oposição na Câmara divulgaram na manhã desta quarta-feira, 20, um manifesto em que afirmam que vão unir forças para buscar uma saída para o "caos" no País. Sem proposta concreta, o documento afirma que o PT e o governo Dilma Rousseff não têm condições éticas e políticas para proporem qualquer pacto, entendimento ou caminho para a solução da crise.

"Os partidos de oposição compartilham da mesma preocupação e da necessidade de unir suas forças para buscar alternativas capazes de superar tais crises", diz a carta, assinada pelas lideranças do PSDB, Democratas, PPS, Solidariedade e PSC. Os líderes afirmam que, qualquer que seja o resultado das investigações em curso que impactam o governo, seja impeachment da presidente, cassação do diploma ou renúncia, a oposição estará unida.

O documento ressalta que há convicção de que a "notória incapacidade do PT" em contornar a recessão econômica impossibilita o governo Dilma de buscar alternativas para colocar o País na trajetória do crescimento.

O manifesto é concluído com a afirmação de que a oposição está em sintonia com as manifestações populares e anuncia que os partidos oposicionistas vão procurar saídas para o "caos que se avoluma", sem afirmar claramente quais medidas serão tomadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Câmara dos Deputadosoposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.