Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Bolsonaro descumpre decreto e vai a lotérica e padaria sem máscara

Acompanhado por seguranças, presidente interagiu com alguns apoiadores; decreto do DF determina uso de máscaras de proteção facial

Gabriela Biló e Célia Froufe, O Estado de S.Paulo

26 de dezembro de 2020 | 12h04

BRASÍLIA – Descumprindo o decreto distrital que determina a obrigatoriedade do uso de máscaras no Distrito Federal, o presidente Jair Bolsonaro andou pela capital federal sem proteção facial, acompanhado por seguranças. No fim da manhã deste sábado, 26, Bolsonaro esteve em uma lotérica e em uma padaria e teve contato com apoiadores e funcionários do estabelecimento.

Primeiro o presidente foi a uma lotérica no Cruzeiro, um bairro de Brasília localizado a 11 quilômetros no Palácio do Alvorada, residência oficial do chefe do Executivo. Após fazer um jogo, esteve em uma padaria, onde tomou um café.

Bolsonaro ouviu de alguns apoiadores felicitações para o ano de 2021. O presidente permaneceu no Distrito Federal neste final de semana, mudando os planos iniciais de ir até o Guarujá – litoral norte do Estado de São Paulo. A previsão agora é que se locomova apenas na segunda-feira para a cidade à beira-mar. Às 10 horas, começou uma movimentação no Alvorada, residência oficial do presidente, e uma hora depois ele estava na lotérica.

No Distrito Federal, segue válido o decreto de 23 de abril, assinado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), que determina a obrigatoriedade do uso de máscara "enquanto a pandemia de covid-19 não estiver controlada". O texto ainda impõe ao infrator uma multa de R$ 2.000, se pessoa física, a R$ 4.000, se pessoa jurídica, sem prejuízo de possíveis sanções penais, uma vez que o não uso do equipamento de proteção pode acarretar a incidência do crime de infração de medida sanitária preventiva, tratada no art. 268 do Código Penal.

Enquanto circulava por Brasília, um post foi publicado em sua rede social Twitter, celebrando recordes históricos no combate ao crime organizado, a Operação Tamoio. A publicação do vídeo de 2 minutos foi originalmente divulgada pela conta da Polícia Rodoviária Federal.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.