Sem FHC, Plano Real jamais teria saído, diz Bacha

"Se FHC não existisse, esse plano jamais teria saído", declarou Bacha em palestra durante debate sobre os 20 anos do Plano Real, na PUC-Rio

VINICIUS NEDER, Estadão Conteúdo

14 de agosto de 2014 | 17h57

A capacidade de liderança do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi um dos pontos fundamentais do sucesso do Plano Real, lançado há 20 anos, afirmou nesta quinta-feira o economista Edmar Bacha, professor da PUC-Rio, que estava na equipe que implementou o Plano Real. "Se FHC não existisse, esse plano jamais teria saído", declarou Bacha em palestra durante debate sobre os 20 anos do Plano Real, na PUC-Rio.

Segundo o economista, no contexto da elaboração, Fernando Henrique era um intelectual de peso, um político importante e tinha capacidade de "conversar e influenciar" o então presidente Itamar Franco. "Era o único que podia reunir esse bando", disse Bacha, referindo-se, além dele mesmo, aos economistas André Lara Resende, Pérsio Arida e Gustavo Franco, entre outros.

Mais conteúdo sobre:
Plano RealFHCBacha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.