Secretário pede votos para Marta durante evento oficial

Um dia depois do PT ter oficializado a prefeita Marta Suplicy como candidata à reeleição pelo partido, o secretário municipal de Transportes, Gerson Bittencourt, pediu votos a Marta, durante um evento oficial do governo municipal. Bittencourt usou o microfone durante encontro promovido pela Secretaria Municipal do Trabalho e afirmou: "O que a gente pede é mais uma vez um voto. Quem é capaz de continuar os programas sociais, quem é capaz de mudar a saúde, quem é capaz de garantir o transporte é a prefeita Marta Suplicy. E é esse o compromisso que a prefeita assume com vocês desde o primeiro dia de mandato".A gravação da fala foi apresentada durante programa da Rádio CBN de São Paulo na manhã desta quarta. O evento ocorreu no último domingo, numa garagem no Bom Retiro, área próxima ao centro da cidade, pertencente ao poder público. Segundo a Secretaria do Trabalho, o objetivo do encontro era explicar o programa Renda Mínima para cerca de seis mil beneficiários. A Secretaria de Transportes confirmou a presença de Bittencourt no encontro, mas informou que o secretário não comentaria o assunto. O montador José Adelson Estevão de Jesus, que participou da reunião, confirmou que integrantes do governo pediram votos para a prefeita. "O pessoal comentou as obras que Marta fez, das eleições, comentou para votar novamente na Marta" - disse, acrescentando que ônibus e lanches foram oferecidos aos participantes, que vieram de várias regiões de São Paulo. De acordo com o Ministério Público, o secretário está sujeito a penas que variam de multa até o afastamento do cargo por crime de improbidade administrativa. A atitude de Bittencourt contraria a orientação oficial do próprio PT. O presidente nacional do partido, José Genoino, afirmou que integrantes do governo podem participar de campanhas eleitorais, desde que fora do expediente e da função pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.