Secretário gaúcho morre de parada cardíaca

O secretário extraordinário do Rio Grande do Sul para Copa do Mundo de 2014, Ricardo Seibel de Freitas Lima, morreu hoje de parada cardíaca. Ele havia viajado a Brasília para tratar de assuntos da Copa, mas faltou aos compromissos agendados e foi encontrado sem vida no quarto do hotel onde estava hospedado.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

01 de junho de 2010 | 17h44

Lima tinha 35 anos, era solteiro e não deixa filhos. Mestre em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o secretário era procurador do Estado desde 1998 e havia assumido a pasta extraordinária da Copa no início deste ano.

A governadora Yeda Crusius (PSDB) emitiu nota de solidariedade à família. Os deputados fizeram um minuto de silêncio logo que a notícia chegou à Assembleia Legislativa.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio Grande do Sulsecretáriomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.