Secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário assume pasta interinamente

Laudemir André Müller ficará no lugar de Miguel Rossetto até o fim das eleições; Rosseto saiu para se dedicar à campanha de Dilma

O Estado de S. Paulo

08 de setembro de 2014 | 19h48

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDS) divulgou nota nesta segunda-feira, 8, em que informa que o secretário-executivo Laudemir André Müller assumirá interinamente a pasta, em substituição ao ministro Miguel Rossetto, que pediu exoneração do cargo para se dedicar à campanha de reeleição da candidata Dilma Rousseff.

Em nota, Müller, que tem 39 anos, diz assumir o comando da pasta com a missão de dar continuidade às políticas públicas voltadas para a agricultura familiar e a reforma agrária no País. "Minha prioridade é seguir implementando os programas do MDA, priorizando as novas políticas da reforma agrária e do Plano Safra da Agricultura Familiar lançado em maio", afirma ele, que vai dedicar os próximos meses a viajar pelo Brasil para que o maior número de agricultores familiares conheça e acesse políticas de desenvolvimento do meio rural brasileiro.

A expectativa no governo é de que Rossetto retorne ao posto no Ministério após as eleições.

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesMiguel Rossetto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.